Com nova parceria para as categorias menores, A.A. FIB promoverá avaliações

Sem Título
Com dois títulos conquistados nas categorias menores nos últimos dois anos, a Associação Atlética FIB promoverá uma seletiva para recrutar jogadores nascidos entre 1998 e 2006. As avaliações serão realizadas neste sábado (18), das 13:00 horas às 17:30 horas, no Duduzão, no campus das Faculdades Integradas de Bauru (FIB). A inscrição deve ser feita no próprio ginásio, 30 minutos antes do início dos testes.

É necessário apresentar o RG e atestado de saúde e doar um litro de leite para concretizar a matrícula. A arrecadação será doada à Casa da Sopa de Bauru. Os atletas também devem portar o próprio material de treino: camisa, shorts, meião, caneleira e tênis.

Pelo cronograma da seletiva, os jovens nascidos em 1998 e 1999 serão avaliados às 13:00 horas; na sequência, às 14:30 horas, serão observados os atletas nascidos em 2000 e 2001; nascidos em 2002 e 2003 estarão em quadra às 16:00 horas e, fechando as avaliações às 17:30 horas, participarão adolescentes nascidos em 2004, 2005 e 2006.

Os selecionados irão compor as equipes Sub-18; Sub-16; Sub-14; Sub-10 e Sub-12 da A.A. FIB, que este ano firmou uma parceria com o Ressaca Futebol Clube, também de Bauru, para as categorias menores. Os bauruenses disputarão a Série A1 do Campeonato Paulista, antiga Série Ouro, promovida pela Federação Paulista de Futebol de Salão, competição que reúne clubes tradicionais como Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo.

"Temos buscado aprimorar cada vez mais a formação de jogadores em Bauru e estamos abertos a participação de novos parceiros para esse grandioso projeto. Nesse ano, vamos disputar um campeonato de elevado nível técnico, contra os principais times do Brasil, e a gente espera que no futuro, esses garotos na equipe adulta da A.A. FIB ou em outros clubes", ressaltou Everton Carvalho da Silva, treinador campeão Paulista Sub-17 da Série A3 em 2015.

O Ressaca Futebol Clube, novo parceiro da A.A. FIB para as categorias menores, disputou a Série A3 do Paulista na temporada passada. "A disputa da Série A1 será uma experiência importante para expandir e divulgar ainda mais a modalidade em Bauru e com essa parceria, conseguiremos mostrar para as crianças que o futsal, além de ser uma prática esportiva, pode ser também uma profissão", destacou Alexandre Previdello Xandele, coordenador do Ressaca.




Parceiros