De olho na liderança na Copa Paulista, A.A. FIB encara o Pompeia em Bauru

[caption id="attachment_2678" align="aligncenter" width="790"]foto: Luan Amaral/ADC Intelli foto: Luan Amaral/ADC Intelli[/caption]

Em sua segunda partida consecutiva em Bauru pela Copa Paulista, a Associação Atlética FIB terá um confronto que pode lhe valer a primeira posição do Grupo A. Às 20:00 horas desta sexta-feira (07), os bauruenses medem forças com o Pompeia no Ginásio Duduzão, no campus das Faculdades Integradas de Bauru (FIB), e os torcedores terão entrada de graça.

Com duas vitórias em três rodadas, a A.A. FIB está apenas três pontos atrás do líder da chave, a Intelli/Orlândia, que somou nove pontos em cinco partidas. Com um novo triunfo, a equipe de Bauru chega à mesma pontuação do time orlandino, porém, com confronto a menos. O time de Pompeia esteve em quadra em três oportunidades e acumula três derrotas.

"Embora nosso próximo adversário ainda não tenha somado pontos, não podemos deixar de considerar sua força. O Pompeia tem um time forte, tanto que disputados duas finais contra eles nessa temporada e fomos superados nas duas, mas agora é uma outra competição, um outro momento e precisamos aproveitar a chance de encostar no líder", pontuou Everton Carvalho da Silva, o Alemão, treinador da A.A. FIB.

A rivalidade entre bauruenses e pompeianos se intensificou em 2016; foram cinco embates nessa temporada, com uma vitória para cada lado e três empates.

Estreante nas competições promovidas pela Liga Paulista de Futsal (LPF), o Pompeia iniciou a Liga Paulista com uma derrota de 2 a 1 para a A.A. FIB; o troco veio na decisão da Copa TV Tem, com uma vitória e um empate, o time de Pompeia foi campeão, e recentemente, após dois empates e um a vitória na prorrogação sobre a equipe de Bauru, os pompeianos faturaram a Copa Record de Futsal.

 

Desfalque no banco de reservas 

Na vitória da A.A. FIB por 1 a 0 contra a Intelli/Orlândia na primeira rodada da Copa Paulista, o treinador Alemão foi expulso e cumpriu suspensão na derrota por 3 a 1 para o Dracena/Tempersul/Alta Paulista na rodada seguinte.

Na última partida, quando os bauruenses fizeram 2 a 1 no time de Orlândia no Ginásio Duduzão, Elton Carvalho, auxiliar do irmão Alemão na comissão técnica da equipe de Bauru, também acabou expulso e não poderá ficar no banco de reservas diante do Pompeia.





Parceiros