Em jogo dos goleiros, A.A. FIB é superada pelo Corinthians no Ginásio Duduzão 

[caption id="attachment_2322" align="aligncenter" width="800"]IMG-06064 foto: Jornada Esportiva[/caption]

Depois de três anos, a Associação Atlética FIB voltou a jogar contra o Corinthians em Bauru pela Liga Paulista de Futsal. Os bauruenses receberam o atual campeão estadual e líder invicto do Grupo A nesta segunda-feira (06), no Ginásio Duduzão, no campus das Faculdades Integradas de Bauru (FIB), que recebeu um dos maiores públicos da temporada.

Embora já estivesse classificado à terceira fase, o Timão entrou em quadra com seus principais jogadores, muitos com passagem pela Seleção Brasileira, como o goleiro Guitta, Leandro Caires, Deives e Vander. A equipe de Bauru também contou com força máxima, mas foi superada por 2 a 1 pelo time do Parque São Jorge.

Disposto a manter a invencibilidade no estadual e precisando da vitória para assegurar a primeira posição do grupo, o Corinthians, apoiado pelo "bando de loucos" que marcou presença no Ginásio Duduzão, começou a partida pressionando os donos da casa e, antes dos dez minutos, balançou a rede duas vezes, com Deives e Artur.

Em desvantagem, a comissão técnica da A.A. FIB – formada pelos irmãos Everton Carvalho da Silva, o Alemão, e Elton Carvalho – solicitou tempo técnico para reorganizar seus comandados. Os bauruenses melhoraram e a seis minutos do intervalo, o corintiano Marcel foi expulso após cometer pênalti; o ala Leandro converteu a cobrança e descontou.

O placar de 2 a 1 persistiu até o intervalo, apesar da blitz da A.A. FIB em busca do segundo gol. Na etapa final, os goleiros tiveram atuações impecáveis e praticaram grandes defesas. Pela A.A. FIB, Thiago Soares impediu que os corintianos ampliassem a vantagem e na outra meta, o experiente Guitta evitou o empate.

Com o placar favorável, o time do Corinthians passou a valorizar a posse de bola, fazendo do seu arqueiro um quinto jogador de linha, restou aos bauruenses apostar nos contra-ataques. Quando faltavam cinco minutos para o fim do jogo, Misael assumiu a meta da A.A. FIB e autuou como goleiro-linha, mas o alvinegro se segurou na defesa.

A 20 segundos do cronômetro zerar, Leandro, autor do gol bauruense, roubou a bola na meia-quadra, conduziu até a entrada da área e Guitta defendeu o tiro a queima-roupa com o pé. A resposta do Corinthians aconteceu com uma bola parada no segundo final; Deives cobrou tiro-livre e parou na defesa de Thiago Soares.

"Tivemos um início ruim e acabamos sofrendo por isso. Conseguimos equilibrar depois, diminuir o placar e não chegamos ao empate porque tinha um grande goleiro do outro lado", avaliou Alemão. "Mesmo sem pontuar, saímos de quadra com a certeza de que podemos enfrentar qualquer rival em alto nível. Ainda temos duas rodadas e vamos buscar essa classificação", disse o treinador da A.A. FIB.

Ainda sem vencer em seus domínios, a equipe de Bauru segue na zona de classificação à segunda fase, mantendo a quinta colocação do Grupo A com sete pontos ganhos em seis rodadas. A próxima partida da A.A. FIB será no Ginásio Duduzão mais uma vez, no dia 15 de junho, contra o Pulo do Gato/Sanasa.





Parceiros