Com reforço vindo da Europa, A.A. FIB empata com Yoka em Bauru

Image-0525O elenco da Associação Atlética FIB ganhou um reforço “europeu”, oficializado nesta terça-feira (24), pouco antes da partida contra a Yoka/ACR/Unisal/Chemaraut, pela Liga Paulista, no Ginásio Duduzão, no campus das Faculdades Integradas de Bauru (FIB). A equipe bauruense contou com o retorno do ala Gedson, que passou uma temporada no futsal da Itália, para empatar em 1 a 1 com o time de Guaratinguetá.

Além do reencontro de Gedson com a torcida de Bauru, o pivô Rafael Vilela e o fixo Fabrício, que vestiram a camisa da A.A. FIB na última Copa Paulista e agora defendem as cores da Yoka/ACR/Unisal/Chemaraut, puderam reencontrar os antigos companheiros e também a comissão técnica bauruense, formada pelos irmãos Everton Carvalho da Silva, o Alemão, e Elton Carvalho.

Com o novo reforço no banco, a A.A. FIB entrou em quadra em busca do primeiro resultado positivo em seus domínios pela Liga Paulista e apresentou bons números na etapa inicial. Durante os primeiros 20 minutos do confronto, os bauruenses tiveram 18 finalizações, contra apenas cinco do time de Guaratinguetá. O problema foi a pontaria dos jogadores de Bauru, que mandaram metade das conclusões para fora.

Apesar das chances que foram criadas, o primeiro tempo acabou sem movimentações no placar e no reinício, a trave impediu que a A.A. FIB abrisse a contagem; em cobrança de falta, o capitão bauruense Taquá mandou a bola no poste. Os bauruenses ficaram perto de marcar em nova cobrança de falta, defendida pelo goleiro da Yoka/ACR/Unisal/Chemaraut, que também espalmou a conclusão de Taquá no rebote.

A reestreia de Gedson com a camisa da A.A. FIB aconteceu com pouco mais de 10 minutos para o fim do jogo, mas os torcedores de Bauru comemoraram com Leandro, que conseguiu furar a defesa do time de Guaratinguetá e inaugurou placar.

A vantagem bauruense não durou muito, após um erro de passes na defesa, Rabisco roubou a bola e tocou para Tuiu empatar. O gol empolgou o time da Yoka/ACR/Unisal/Chemaraut, que acertou a trave com Rafael Viela, no último lance de perigo da partida.

O empate em 1 a 1 manteve a classificação do Grupo A inalterada, com a A.A. FIB em quinto, com 7 pontos, e o time de Guaratinguetá na terceira posição, com 9 pontos. O Corinthians lidera a chave com 17 pontos; seguido por São José/Vale Sul/Unimed, com 16 pontos; o Pompeia está em quarto com 8 pontos, e fechando a zona de classificação, o Pulo do Gato/Sanasa, com 5 pontos, em sexto.

“Pontuamos, mas fica o sabor de derrota pela maneira que sofremos o gol, em um erro na saída de bola”, lamentou Alemão. “Ainda estamos na zona de classificação e temos mais três jogos, sendo dois deles em Bauru. A vaga na segunda fase é uma realidade”, completou o treinador da A.A. FIB, que jogará novamente pela Liga Paulista no dia 6 de junho, contra o Corinthians, no Ginásio Duduzão.





Parceiros