Desgastada com viagem, A.A. FIB perde e está fora da Copa Paulista

IMG-0008Antes da partida decisiva nas quartas de final da Copa Paulista contra a Yoka/ACR/UNISAL/Grupo Martins Lara, o elenco da Associação Atlética FIB enfrentou uma viagem de mais de 500 quilômetros para chegar ao Ginásio do Itaguará, no município Guaratinguetá, e o cansaço físico prejudicou os bauruenses; o goleiro Luccas, por exemplo, sofreu com câimbras e saiu de quadra carregado. O time guaratinguetaense, que podia empatar no tempo regulamentar e na prorrogação para avançar à semifinal, aproveitou e venceu por 9 a 1, decretando o adeus da equipe de Bauru ao campeonato.

Os irmãos Everton Carvalho da Silva, o Alemão, e Elton Carvalho surpreenderam na escalação inicial da A.A. FIB. Começaram a partida o goleiro Luccas, Fabrício, Misael, titulares durante toda a Copa Paulista, e Ale e Henrique, que não fizeram parte do quinteto inicial do primeiro jogo do mata-mata em Bauru. E a atuação dos bauruenses em Guaratinguetá não lembrou em nada as exibições das partidas anteriores; com dois gols de Pula, um pênalti convertido por Gustavinho e mais um gol de Tuiu, a Yoka/ACR/UNISAL/Grupo Martins Lara abriu uma larga vantagem logo nos cinco primeiros minutos.

Com 4 a 0 em desfavor no placar, a A.A. FIB colocou Misael como goleiro-linha a 14 minutos do intervalo e ao invés de diminuir a contagem, viu Pula e Gustavinho marcarem novamente, aumentando a vantagem em 6 a 0 no fim da etapa inicial. No segundo tempo, os bauruenses continuaram com o goleiro-linha e sofreram mais dois gols após erros ofensivos, Gleidson e Caio balançaram a rede. Ryan marcou para a equipe de Bauru e na sequência, Gleidson fez 9 a 1 para a Yoka/ACR/UNISAL/Grupo Martins Lara, dando números finais ao placar.

“Encaramos um adversário que tem a melhor campanha da competição e precisamos destacar isso. A nossa atuação esteve muito abaixo do que vínhamos apresentados nos outros jogos e tivemos erros individuais que contribuíram para o placar elástico”, ponderou Alemão, técnico da A.A. FIB. “A derrota foi dolorosa, montamos um time jovem, que chegou à segunda fase da Copa Paulista e fez ótimos jogos. Vamos analisar junto com a diretoria os pontos positivos e negativos da competição, já projetando a próxima temporada”, completou o treinador bauruense.





Parceiros