A.A. FIB busca vaga na semifinal da Copa Paulista em Guaratinguetá

 

IMG_7041Assim como aconteceu na primeira fase, a Associação Atlética FIB buscará se manter na disputa pelo título da Copa Paulista fora de seus domínios. O enredo para os bauruenses chegarem à semifinal da competição é o mesmo da fase de grupos: basta conquistarem uma vitória simples. A equipe de Bauru enfrenta nesta quinta-feira (05), a partir das 20:00 horas, a Yoka/ACR/UNISAL/Grupo Martins Lara, no Ginásio Itaguará, na cidade de Guaratinguetá, pelo segundo jogo das quartas de final.

O primeiro embate do mata-mata, acontecido no Ginásio Duduzão, no campus das Faculdades Integradas de Bauru (FIB), em Bauru, terminou empatado em 1 a 1. Com um novo empate no tempo regulamentar, a vaga será decidida na prorrogação e o time guaratinguetaense, que fez a melhor campanha na primeira fase, tem a vantagem de manter a igualdade no placar para avançar na Copa Paulista.

“Apesar da vantagem de dois empates do nosso rival, acreditamos que vamos encarar um adversário agressivo, que busque a vitória”, revelou o técnico Everton Carvalho da Silva, o Alemão, que tem a companhia do irmão Elton Carvalho na comissão técnica da A.A. FIB. “Por isso, teremos que ter equilíbrio para suportar a pressão e inteligência para fazer o resultado que nos dá a classificação”, completou o treinador.

Para o goleiro Luccas, capitão da A.A. FIB, a fórmula para vencer a Yoka/ACR/UNISAL/Grupo Martins Lara é manter as boas atuações. “Balançamos a rede em todas as partidas da Copa Paulista, precisamos manter a escrita no setor ofensivo e continuar com a intensidade na marcação que demonstramos até agora para não sofrermos gol”, pontuou o arqueiro.

A classificação da A.A. FIB às quartas da final dependia de uma vitória sobre o Grêmio Mogiano, em Mogi das Cruzes, na última partida da fase de grupos, e os bauruenses venceram por 2 a 1, com um gol de Danilinho, quando faltavam apenas quatro segundos para o fim da partida. O resultado credenciou a equipe de Bauru como a quarta força da Chave A; a Yoka/ACR/UNISAL/Grupo Martins Lara foi o líder do Grupo B.





Parceiros